DEPUTADO ESTADUAL

ANDRÉ DO PRADO

Partido da República

Deputado André do Prado acompanha a entrega de 18 novas viaturas em Pindamonhangaba

Veículos vão reforçar o patrulhamento pelas ruas da cidade, sobretudo na região central, e ampliarão a sensação de segurança

A população de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, passa a contar com 18 novos veículos integrados às forças de segurança e resgate da cidade. A cerimônia de entrega dos automóveis aconteceu no estacionamento da Prefeitura, no Alto do Cardoso, e teve a participação do prefeito, Dr. Isael Domingues, do vice-prefeito Ricardo Piorino e do deputado estadual André do Prado, entre outras autoridades. Parte da nova frota deve ser direcionada para a Atividade Delegada, que será retomada.

Entrega do viaturas da PM, Bombeiros e GM em Pinda

Entrega do viaturas da PM, Bombeiros e GM em Pinda

Dos 18 veículos alugados pela Prefeitura para operação nas ruas, 13 devem ir para a Polícia Militar (sete carros e seis motos), três para a Guarda Municipal e duas para o Corpo de Bombeiros. O deputado André do Prado destacou o investimento que a cidade faz na segurança, algo que, pela Constituição, é responsabilidade do Governo do Estado. “Tem município do Estado que não terá recursos para pagar o 13º salário ao fim do ano por causa desta crise. Alguns não têm conseguido pagar o funcionalismo na data certa, mas nós estamos aqui com o bom exemplo de Pindamonhangaba. Estes veículos estão sendo entregues com recursos municipais. A economia proporcionada pela seriedade do trabalho do prefeito Dr. Isael ajudou muito. Tenho certeza que muitas vidas serão salvas graças a este reforço da frota”, disse.

O prefeito Isael falou sobre as mudanças que implementou desde que chegou à administração municipal. “Este investimento é fruto da austeridade que demos ao funcionalismo da Prefeitura. Graças a esta mudança, a gente pode fazer a destinação destas viaturas às forças de segurança, em especial para a PM, para que a Atividade Delegada, que estava inativa no começo do ano, seja retomada com toda a força. Fiz questão de criar a Secretaria Municipal de Proteção e Bem Estar ao Cidadão porque Pinda não poderia ficar sem dar atenção à segurança pública”, comentou.

Os veículos já entraram em circulação após a inauguração. A intenção da Prefeitura é que a Atividade Delegada (operação com policiais militares que trabalham em períodos de folga e que visam coibir o comércio ilegal nas regiões centrais e a prática de crimes) seja reforçada após ficar bastante tempo paralisada.

Participaram da solenidade de entrega dos veículos a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cláudia Domingues, os vereadores Carlos Moura Magrão (presidente da Câmara), Ronaldo Pipas, Jorge da Farmácia e Roderley Miotto, a coronel Eliane Nikoluk, chefe do Comando de Policiamento do Interior 1 (CPI/1), o tenente-coronel Mauro Morishita, responsável pelo 5º Batalhão da PM no interior (5º BPM/I), major Marcos Antonio, coordenador operacional do 5º BPM/I, tenente-coronel Marcos Casarini, comandante do 11º Grupamento do Corpo de Bombeiros, bem como o major Marco Antonio Bicudo, subcomandante deste quartel, demais autoridades militares, secretários municipais, além de deputados estaduais e federais.

Esporte

Em conversa com o secretário municipal de Esportes e Lazer, Everton Chinaqui, o deputado André do Prado foi informado de que a cidade teve um projeto – que prevê a construção de um campo society no CEU das Artes do distrito de Moreira César contemplado pelo programa “100% Esporte para Todos”, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude. A cidade já havia pedido a intermediação do parlamentar junto ao Estado para viabilizar a melhoria. “A obra é uma demanda importante porque vai criar um espaço seguro e adequado para que as crianças, adolescentes e jovens possam praticar esporte e tenham lazer onde antes não havia”, comentou o deputado.

A Prefeitura, agora, cumpre uma série de etapas para viabilizar o investimento a ser feito no espaço de cultura e lazer.

Deputado André do Prado faz visita ao Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos

Parlamentar propôs a criação de um grupo de trabalho para buscar melhorias para a unidade hospitalar

Com o objetivo de conhecer as demandas, o deputado estadual André do Prado esteve nesta sexta-feira, 27, no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos “Dr Osiris Florindo Coelho”, onde foi recebido pelo diretor técnico, Vanderlei de Almeida Rosa. O ex-prefeito Izidro Neto, os vereadores Eliel de Souza, Dernerval Jardim e Pedro Paulo de Oliveira e o prefeito de Poá, Gian Lopes, participaram da reunião.

O parlamentar, membro da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, fez questão de conhecer de perto das necessidades do centro de saúde e se colocar à disposição para conquistar os investimentos junto ao Governo do Estado. Além disso, a presença das autoridades de Poá, neste encontro, foi para iniciar um trabalho em conjunto entre as cidades, uma vez que ferrazenses usam o Hospital Guido Guida e os poaenses usam o Regional em busca de atendimentos específicos.

Deputado no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos

Deputado no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos

Durante a visita, o diretor do Hospital relatou ao parlamentar da necessidade da reforma da ala da psiquiatria, bem como a contratação de médicos para a pedriatria, novos funcionários de enfermagem e técnicos, entre outros. A ala de psiquiatria do hospital conta com 10  leitos e é a referência na região.

Recentemente, na reunião da Comissão de Saúde, o deputado André do Prado questionou o secretário de Estado da Saúde, David Uip, a respeito. “A informação que ele passou é de que em 2018 será feita uma nova licitação e, posteriomente, a obra”, comentou o parlamentar.

Sobre a situação da pediatria, o parlamentar acredita ser fundamental uma solução, uma vez que, o Hospital Guido Guida de Poá, que absorvia este atendimento, deixou de prestar este serviço devido à queda no repasse do ISS na cidade. “Precisamos encaminhar esta questão ao Governo do Estado, porque a pediatria do Hospital tem capacidade para absorver a demanda atendida pelo Guido Guida [Hospital Municipal]”, comentou o deputado.

O parlamentar reforçou seu trabalho e seu mandato a fim de ajudar na conquista de investimentos para a unidade.

Em Poá

Após a visita ao Hospital, o deputado André do Prado, a convite do prefeito Gian Lopes e do vice-prefeito Marquinhos Indaiá, esteve no novo prédio do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que será inaugurado neste sábado (28), às 10 da manhã. O CEO tem capacidade para atender 150 pessoas e o foco é a prevenção ao câncer bucal e o tratamento de problemas e doenças.​

​​Santa Branca é aprovada como Município de Interesse Turístico

O deputado André do Prado foi o autor do projeto de Lei apresentado na Assembleia Legislativa

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou o projeto de Lei que classifica Santa Branca como Município de Interesse Turístico (MIT). Agora, o texto seguirá para a sanção do governador Geraldo Alckmin, que deverá se manifestar em 15 dias úteis. Além de Santa Branca, mais 30 cidades receberam este título.

O prefeito Celso Simão, os vereadores: Eder Senna, Júnior Mineiro, Helcinho Castello, Ricardo Cabral, e Juan Jimenez; o ex-vereador Leopoldo, a comitiva do Contur: Edson Lemes – Edinho (presidente), Natalee Neco, Alessandro Teles e Alex Sandro de Sousa participaram da reunião.

Deputado André do Prado com autoridades de Santa Branca

Deputado André do Prado com autoridades de Santa Branca

O deputado André do Prado foi o autor do projeto de Lei que iniciou os tramites para que o município pudesse pleitear o título junto ao Governo do Estado. Para ele, Santa Branca tem um grande potencial turístico, principalmente, histórico, religioso e cultural. “Desde 2013 iniciamos este trabalho buscando reunir os documentos e trabalhando para potencializar o turismo na cidade. Foram várias reuniões e ações a fim de colocar Santa Branca neste seleto grupo de municípios classificados como MIT”, comentou.

A cidade conta com um rico patrimônio arquitetônico no tempo imperial como a igreja matriz construída por escravos em 1828, levantada sobra alicerces e paredes de taipa de pilão, constituindo desde então a base geradora do atual prédio, a atual Câmara Municipal, construído pelo Ajudante Braga na época imperial com mão de obra escrava, fazendas que remontam o período de ouro do café, além de uma programação cultural com diversos festejos como: o divertido Carnaval de rua, a Festa do Divino, a Festa da Padroeira Santa Branca e as tradicionais cavalgadas e, ainda, outras manifestações culturais, como o Moçambique, a Folia de Reis, a Catira, São Gonçalo, danças típicas e folclóricas brasileiras.

Após a sanção do PL pelo governador Geraldo Alckmin, Santa Branca terá acesso aos recursos do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos, na ordem de R$ 650 mil anuais, que propiciará a cidade a receber recursos para investir em infraestrutura e melhorar e/ou manter os pontos de visitação.

Presente a sessão na Assembleia Legislativa, o prefeito e os vereadores fizeram questão de agradecer ao deputado André do Prado pelo trabalho e por apresentar este PL, nesta Casa de Leis, e por esta verdadeira conquista para o município.

Para conseguir se tornar de Interesse Turístico, o município atendeu a todos os requisitos estabelecidos pela Lei 1.261 de abril de 2015 estabelece condições e requisitos específicos para a classificação de Estâncias e de Municípios de Interesse Turístico, como: a elaboração de um Plano Diretor de Turismo, a ativação do Conselho de Turismo, levantamento dos potenciais de visitação da cidade, entre outros.

Para o deputado André do Prado, o turismo é a grande área da economia que poderá ajudar Santa Branca a gerar empregos e renda à população. “O turismo é uma área da economia que movimenta uma cadeia de segmentos como: a gastronomia, hotelaria, receptivo, entre outros e, com isso, poderá gerar novos postos de trabalho para a cidade. O futuro de Santa Branca, que é promissor a partir do turismo, passa pelo respeito à sua história e a valorização de sua gente”, finalizou.

​​Deputado André do Prado destina R$ 200 mil para a reforma do campo de futebol do Parque Rodrigo Barreto, em Arujá

O campo de futebol do Parque Rodrigo Barreto, em Arujá, passará por uma reforma. Os recursos para a execução da obra, no valor de R$ 200 mil, provenientes de uma emenda parlamentar do deputado André do Prado, foram liberados pelo Governo do Estado.

A assinatura do convênio aconteceu nesta quinta-feira (26), em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, que contou com as presenças do prefeito Dr. José Luiz Monteiro, do ex-prefeito Abel Larini, do secretário municipal de Governo, Leandro Larini, dos vereadores Profº Edval Paz e Ana Poli e do ex-vereador Odair Neris, o Mano´s.

Deputado André do Prado com o prefeito Dr. José Luiz Monteiro, o Governador Geraldo Alckmin e autoridades

Deputado André do Prado com o prefeito Dr. José Luiz Monteiro, o Governador Geraldo Alckmin e autoridades

O deputado André do Prado ressaltou que, assumiu o compromisso com a comunidade local e trabalhou para conseguir a liberação deste investimento para o bairro. “O campo de futebol é muito utilizado pelos moradores que solicitaram esta melhoria. Na época, atendendo também aos pedidos do ex-prefeito Abel Larini, fiz questão de incluir esta obra nas minhas indicações. Fico muito satisfeito de que estes recursos já estejam disponíveis para que a Prefeitura possa fazer as obras necessárias”, comentou. Durante sua passagem pela Prefeitura, Abel Larini reforçou a importância desta obra para o município.

O Parque Rodrigo Barreto tem, aproximadamente, 33 mil habitantes, e é o mais populoso de Arujá. O parlamentar, ainda, reforçou o empenho e a contribuição da vereadora Ana Poli, que batalha por melhorias para a população do bairro.

O vereador Mano´s agradeceu ao deputado André do Prado por mais este investimento no município. “O deputado federal Marcio Alvino tinha destinado mais de R$ 400 mil em emenda para fazer o alambrado e obras ao redor do campo. A verba destinada pelo deputado André reforça as intervenções. O local é muito usado para torneios e eventos do bairro. Os deputados demonstraram ser parceiros da cidade com essa ajuda”, ressaltou.

“O Brasil é o país do futebol. O campo é um areião que pode trazer contaminação e risco para as pessoas que o utilizam. A emenda do deputado André traz vitalidade e dignidade aquele espaço”, comentou o prefeito José Luiz Monteiro.

Com a assinatura do convênio, os investimentos ficarão disponíveis para que a Prefeitura proceda com os trâmites burocráticos para implementar as melhorias no campo de futebol.

Quinze cidades são contempladas com polos da Univesp após intermediação do deputado André do Prado

Relação foi divulgação pela direção da universidade nesta quarta-feira (25); assinatura do convênio deve ocorrer nos próximos dias

A direção da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Ciência e Tecnologia, divulgou nesta quarta-feira (25), a relação das cidades classificadas a partir de chamamento público para sediar polos da instituição. A expectativa é de que a assinatura do convênio ocorra nas próximas semanas, após a homologação do resultado.

As cidades do Alto Tietê que tiveram intermediação do deputado estadual André do Prado no processo de inscrição para abrigar polos da universidade com cursos de ensino a distância e foram contempladas são Arujá, Cachoeira Paulista, Colina, Cunha, Guararema, Itaquaquecetuba, Jacareí, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Branca, Santa Isabel, Socorro, Suzano e Vargem Grande Paulista.

Para o parlamentar, a educação superior nestas localidades passarão por uma revolução. “A modalidade EAD é uma tendência no mundo e traz um dinamismo muito grande, além de ser amplo e acessível. Isso deve causar um impacto positivo na educação e no mercado de trabalho da região. As novas tecnologias empregadas no ensino da Univesp ajudarão na formação de profissionais cada vez mais capacitados”, comentou. A convite do deputado, as cidades participaram de reuniões explicativas sobre a Univesp coordenadas pelo diretor administrativo da Univesp, professor Ricardo Bocalon.

A Univesp é considerada a quarta universidade pública estadual (as outras são USP, Unicamp e Unesp) e conta com os cursos de Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, licenciaturas em Biologia, Física, Matemática e Química, além de Pedagogia. Na atualidade, a instituição já tem mais de 100 polos espalhados pelo Estado. Eles têm duração semelhante ao de modalidade presencial, de quatro a cinco anos.

Técnicos da Investe.SP, agência de fomento a investimentos em municípios, em parceria com a diretoria da Univesp, vão traçar um perfil dos municípios e das regiões em que eles estão inseridos para estabelecer quais cursos podem ser implantados nas novas unidades. As características locais, portanto, vão nortear a escolha das graduações a serem ofertadas.

Até o fim da semana há prazo para recursos (por parte de cidades não classificadas). A partir da assinatura do convênio, que deve ocorrer nas próximas semanas (em data ainda a ser divulgada), os municípios fazem a preparação dos locais que devem receber a universidade. A contrapartida das cidades é oferecer salas amplas, com 50 computadores cada, além de um professor da rede municipal de ensino que será treinado para atuar como coordenador do polo. Os professores e tutores serão direcionados pela instituição universitária. A previsão é de que as aulas possam começar já no primeiro trimestre de 2018.

Os interessados em estudar nos polos precisarão disputar vestibular (da mesma forma que as outras instituições estaduais). Os mais bem classificados vão formar turmas para aulas em diferentes períodos. No primeiro ano, os alunos terão que ir aos polos a cada 15 dias para atividades presenciais e nos dias de prova. No segundo ano, a frequência deverá ser uma vez por mês. A partir do terceiro, apenas nas datas de avaliações. As unidades ficam abertas todos os dias para atendimento a alunos com dúvidas sobre as disciplinas que cursam.

O atual chamamento público classificou 146 cidades paulistas, 15 tiveram pedidos intermediados pelo deputado André do Prado e ficam nas regiões do Vale do Paraíba, Vale do Ribeira e interior.​

Na FDE, deputado André do Prado e prefeito de Itaoca solicitam a construção de uma creche

Deputado André, prefeito Frederico e presidente da FDE, João Cury Neto, conversam sobre pedido de creche em Itaoca

Deputado André, prefeito Frederico e presidente da FDE, João Cury Neto, conversam sobre pedido de creche em Itaoca

A construção de uma creche em Itaoca, através do programa “Creche Escola”, foi o pedido apresentado pelo deputado André do Prado e do prefeito Frederico Dias Batista ao presidente da Fundação para o Desenvolvimento a Educação (FDE), João Cury Neto, em reunião nesta terça-feira, 24.

A unidade é fundamental uma vez que a cidade não conta com uma creche para fazer o atendimento de crianças de 0 a 3 anos. Do total de 180 crianças com esta faixa etária, a Prefeitura consegue atender apenas 66, em um espaço improvisado, ficando 114 crianças que não são atendidas por falta de um espaço físico adequado. Os documentos necessários para a doação do terreno para a construção da unidade foram entregue​s​ ao Governo do Estado.

 O deputado André do Prado ressaltou a necessidade desta escola para o município. “É um equipamento público fundamental para Itaoca, que precisa atender a uma faixa etária de crianças que está sem um local adequado. Irei batalhar para conseguir este investimento para o município”, completou.

O prefeito de Itaoca, Frederico Dias, ressaltou que a Prefeitura entregou os documentos necessários e que aguarda a liberação do Governo do Estado. “Esta é uma demanda que temos uma grande necessidade, por isso, pedimos ao presidente da​  FDE que nos ajude na obtenção desta conquista para o município. Não temos nenhuma creche na cidade e precisamos da contribuição do Estado no atendimento destas crianças, uma vez que a cidade tem dificuldade de conseguir fazer este investimento”, comentou.

Durante a reunião, o presidente d​a​ FDE fez algumas orientações referentes ao processo em andamento junto a Secretaria de Educação. Ele ficou sensibilizado com o pedido apresentado pelo deputado e pelo prefeito e ressaltou que irá trabalhar para ajudar o município na obtenção deste equipamento público ao município.

A  FDE é o órgão do Estado responsável pela aprovação dos terrenos disponibilizados pelos municípios, além de oferecer o projeto executivo para a construção dos imóveis, e ainda de definir exigências e padrões de infraestrutura para o funcionamento adequado e acompanhar a execução das obras.

O programa Creche Escola objetiva auxiliar os municípios e aumentar o número de vagas na educação infantil, por meio de convênios firmados com as prefeituras das cidades paulistas. As unidades contam com berçários, fraldários, lactários, refeitórios e toda a infraestrutura necessária para atender crianças entre 0 e 6 anos.​

Deputado André do Prado e prefeito Vanderlon Gomes conseguem mais recursos para construção da creche no bairro Fartura

Deputado André participa de reunião para intermediar demandas de Salesópolis junto à FDE

Deputado André participa de reunião para intermediar demandas de Salesópolis junto à FDE

Para tratar da obra de uma creche escola, em fase de construção no bairro Fartura, em Salesópolis, o deputado estadual André do Prado, esteve reunido nesta terça-feira com o presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), João Cury Neto. Ele solicitou a autorização do órgão para mudanças no projeto executivo da unidade, que é padronizado pelo Estado a todos os municípios que devem receber o equipamento. Características do terreno e do tipo de solo motivaram o pedido. O prefeito Vanderlon Gomes e o vereador Paulo Monteiro – Mineiro acompanharam o encontro.

A unidade escolar, que terá capacidade para até 150 alunos, vai ser erguida numa área de 3,2 mil metros quadrados (m²). Este será o primeiro equipamento da rede municipal de ensino de Salesópolis (que conta com 1,8 mil alunos) a atender crianças com faixa etária entre os seis meses de vida e os três anos de idade.

“Salesópolis tem que fazer algumas adequações ao projeto repassado pela FDE por causa das particularidades do terreno que receberá a creche escola. Por ser um projeto sugerido pelo Estado, a Fundação precisa dar autorização para esta mudança. Isso vai permitir com que as obras sejam feitas no ritmo ideal e o prédio seja entregue em 2018 para atender logo ao município”, disse o deputado.

O pedido é para que seja feita uma reavaliação da planilha orçamentária por decorrência de acréscimo de serviços referentes à infraestrutura, superestrutura e alvenaria. O Estado deu parecer favorável à proposta.

Parecer da FDE aponta que a execução da fundação deve ser feita com estacas pré-moldadas, com posterior colocação de piso sobre a laje estrutural. Na planilha orçamentária, contudo, constam estadas do tipo Strauss. Por fim, apesar de a edificação ser padronizada, a locação da obra exige atenção às particularidades do terreno por ele está num declive e demanda perfurações mais profundas para a fortificação da estrutura.

“A creche escola é um equipamento que vai contribuir bastante para a educação de Salesópolis. É por isso que acredito que alguns detalhes técnicos não vão atrapalhar a obra. A intermediação do deputado André do Prado é fundamental para que o município consiga uma resposta rápida sobre esta demanda”, avaliou Vanderlon Gomes.

Ao final, João Cury Neto informou que foi aprovado o pedido de aditivo no valor de R$ 300 mil para a obra, portanto, o investimento para a unidade será de R$ 1,5 milhão para que as adequações possam ser viabilizadas.

Deputado André do Prado e vereador de Suzano pedem à FDE reforma de escolas de Suzano

Deputado André, vereador Maizena e presidente da FDE, João Cury Neto, em reunião

Deputado André, vereador Maizena e presidente da FDE, João Cury Neto, em reunião

A reforma de escolas estaduais em Suzano foi o assunto tratado pelo deputado estadual André do Prado durante reunião com o presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), João Cury Neto, nesta terça-feira (24), na capital. O caso mais emblemático é do colégio Comandante Jacques Yves Custeau, localizado no Miguel Badra Baixo, que tem 1,8 mil alunos, e precisa de adequações e melhorias na conservação. O vereador Marco Antonio dos Santos (Maizena), acompanhado pelos assessores da Prefeitura, Alex Santos, André Chiang e Ivo Resec acompanharam a reunião.

 O parlamentar visitou a unidade escolar em passagem pela cidade no dia 13 de setembro. Na ocasião, a professora Vera Lúcia Miranda, dirigente regional de Suzano, pediu a intermediação dele na solicitação por melhorias. “Pudemos ver o quanto a escola precisa de melhorias. A reforma é necessária para estimular o interesse dos alunos a estudarem e deixar o prédio adaptado e seguro para o desenvolvimento das atividades. É uma das maiores escolas da região, então, nós devemos lutar para que o bairro receba um equipamento reformado e adaptado”, comentou.

Ao todo, 1,8 estudantes (do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, além de inscritos no programa de educação de jovens e adultos | EJA) têm aulas na unidade. Por estar numa região de divisa com Itaquaquecetuba, uma parcela deles vem da cidade vizinha.

Entre as obras solicitadas estão a reforma da cobertura, colocação de gradis e reparos na área do elevador (esta já tem orçamento destinado, mas aguarda liberação). Os problemas de conservação são os mais evidentes. Fortes chuvas destruíram parte do telhado.

Durante o encontro foram pedidas intervenções também nas escolas estaduais Profº Antonio Brasilio da Fonseca (reforma da cobertura e reforma da quadra para que seja coberta), também no Badra, Comendador Brasílio Machado Neto (reformas elétricas, colocação de piso, reforma dos sanitários e instalação de bebedouros para os alunos), no Sesc, e Profº David Jorge Curi, no Boa Vista (reforma elétrica e na cobertura).

“As melhorias físicas refletem também em melhoria no dia a dia dos alunos porque eles terão mais condições e tranquilidade para estudar numa escola mais adequada e equipada e os professores vão poder ensinar com mais segurança. O deputado André do Prado percebeu a dificuldade que aquela comunidade escolar enfrenta e o impacto que aqueles alunos podem ter no aprendizado caso as condições não melhorem”, disse o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

O presidente da FDE informou que os técnicos do órgão vão verificar as demandas. No caso da escola Jacques Custeau, uma equipe já vistoriou o local e fará o orçamento das obras.

Suzano recebe repasse de R$ 1,5 milhão do Fumefi após intermediação do deputado estadual André do Prado

Deputado André, governador Alckmin e comitiva de Suzano em solenidade no Palácio dos Bandeirantes

Deputado André, governador Alckmin e comitiva de Suzano em solenidade no Palácio dos Bandeirantes

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta segunda-feira (23) a liberação de R$ 1,5 milhão, por meio do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), para a cidade de Suzano. Os recursos serão destinados para obras de drenagem, recapeamento e sinalização da Avenida Francisco Marengo, no trecho entre a Rua Ambrosina Teles de Queiroz e a Estação Furuyama. A avenida é a principal ligação entre a cidade com a Rodovia Mogi-Dutra, Rodoanel e Estrada do Pinheirinho. O deputado estadual André do Prado, que intermediou a busca pela ajuda estadual, o prefeito Rodrigo Ashiuchi e os vereadores Gerice Lione,​ Rogério da Van, Maizena e Pacola​ participaram da cerimônia, no Palácio dos Bandeirantes, na capital.

Pouco mais de dois quilômetros de extensão do corredor, que dá acesso a Itaquaquecetuba, devem ser recuperados com o dinheiro, informa a Prefeitura. A melhoria viária trará impacto regional, já que avenida é rota do transporte metropolitano, o que deve reduzir em diminuição do tempo de viagem.

O deputado André do Prado destaca o ganho na mobilidade urbana que Suzano terá com as melhorias. “A Avenida Marengo é parte do itinerário de várias linhas de ônibus e acesso a outras regiões do Alto Tietê. Com as melhorias, o sistema de transporte terá um impacto positivo com a redução no tempo das viagens. Quem trafegar pela avenida vai ter também mais conforto e segurança. Em tempos de tantas dificuldades financeiras, é para se comemorar a chegada de recursos que garantam intervenções na infraestrutura urbana porque geram também  empregos”, observou.

Este recurso sairá a fundo perdido (não é financiamento) e deve beneficiar uma população estimada em 6​0 mil habitantes. “A chegada deste dinheiro vai ajudar muito a cidade de Suzano a recuperar boa parte da Avenida Francisco Marengo. Era um recurso dado como perdido que, junto com o deputado André do Prado, conseguimos a recuperação deste investimento para a avenida que há muitos anos não recebe uma melhoria adequada e devida. Agradeço muito o deputado André do Prado que teve papel essencial na obtenção destes recursos”, analisou o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

A liberação do valor acontecerá de acordo com o cronograma das obras. A Prefeitura terá de abrir uma licitação para definir a empresa que tocará as intervenções. Con​forme as fases avancem, técnicos do Estado vão fazer avaliações. Se constatarem que tudo está de acordo com o previsto no projeto, os recursos são destinados à Prefeitura para ressarcimento.

O secretário-executivo do Fumefi, Widerson Anzelotti, e secretários municipais de Suzano compareceram ao evento.

Santa Isabel terá R$ 1 milhão em recursos para compra de equipamentos destinados a obras viárias no município

Deputado André e Widerson Anzelotti acompanham comitiva de Santa Isabel no Palácio dos Bandeirantes

Deputado André e Widerson Anzelotti acompanham comitiva de Santa Isabel no Palácio dos Bandeirantes

A cidade de Santa Isabel, no Alto Tietê, terá R$ 1 milhão, via Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), para investir na compra de equipamentos que serão usados na recuperação de vias tanto na área urbana como na zona rural. O deputado André do Prado e a prefeita Fábia Porto e o vereador licenciado e secretário municipal de Saúde, Clebão do Posto, estiveram na solenidade.

Para o parlamentar, a população deverá sentir o reflexo das melhorias em breve. “As pessoas aguardam há muito tempo por estas melhorias. Santa Isabel consegue uma conquista e tanto porque investir na melhoria da mobilidade resulta em mais fluidez no transporte público, que deve ser o meio de locomoção prioritário. A população vai sentir, na prática, as melhorias”, disse.

Com os recursos a Prefeitura de Santa Isabel vai adquirir um caminhão basculante, uma motoniveladora e uma retroescavadeira para fazer obras e reparos pelo município.

A prefeita Fábia Porto explica que as obras nas vias são estratégicas. “Facilitar a fluidez dos coletivos estimula as pessoas a usarem o transporte público, o que reflete em menos carros nas ruas, sobretudo, nos horários de pico. Além disso, a intenção é organizar o terceiro grupo de trabalho  para que possa fazer obras e manutenção de vias públicas, inclusive na zona rural. A cidade tem 600 quilômetros de estradas de terra que precisam passar por melhorias para o escoamento da produção agrícola e também facilitar o transporte escolar”, afirmou.

Participaram da solenidade também o secretário da Casa Civil, Samuel Moreira, e o secretário-executivo do Fumefi, Widerson Anzelotti.