Deputado André do Prado cobra construção de acesso do Rodoanel na SP-66 ao engenheiro indicado como diretor-geral da Artesp

Milton Persoli foi aprovado pelos parlamentares da Comissão de Transportes e Comunicações e deve ter indicação confirmada pelos deputados em plenário

A construção de acessos para Poá e Suzano no trecho leste do Rodoanel Mário Covas foi um dos assuntos abordados pelo deputado estadual André do Prado durante a arguição do engenheiro Milton Persoli, indicado pelo Governo do Estado de São Paulo para o cargo de diretor-geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transportes (Artesp), em reunião virtual da Comissão de Transportes e Comunicações, da Assembleia Legislativa.

O parlamentar cobrou uma medida efetiva da agência para a construção das alças de saída do Rodoanel na SP-66. “Há três anos luto para que a concessionária, que administra o trecho leste do Rodoanel, faça essa importante obra, que facilitará o acesso aos municípios da região”, relembra.

Atualmente, quem trafega pelo Rodoanel precisa ir até a rodovia Ayrton Senna para ter acesso às cidades da região. Além disso, sem as alças, os motoristas acabam cometendo imprudências, como transitar em marcha à ré. “Essa situação tem causado transtornos à população e precisa ser resolvida. Esse acesso é fundamental para o progresso de cidades como Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos”, aponta.

O coordenador da Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Alto Tietê reforçou, ainda, que outros projetos são bem-vindos e podem ser discutidos no sentido de melhorar cada vez mais a logística da região, mas a saída na SP-66 é a mais viável do ponto de vista econômico, além de estar previsto no projeto original. “Tenho conversado com o secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano, e precisamos de uma resolução definitiva para esse caso”, afirma.

Milton Persoli reforçou que, confirmada sua indicação ao cargo, fará a interlocução junto à concessionária para tratar sobre o acesso e se comprometeu a visitar o local. Ele assumiu o compromisso de enfrentar a questão e buscar uma solução. “Vou verificar o que aconteceu para conhecer os motivos pelos quais essa obra não foi executada, se está prevista no contrato ou não e buscar uma alternativa”, disse.

Os parlamentares aprovaram a indicação do Milton Persoli para assumir o cargo de diretor-geral da Artesp. O Projeto de Decreto Legislativo 20/2020 recebeu 10 votos favoráveis. Agora, a proposta será levada ao plenário para votação.

No Comments

Post A Comment